Eslováquia planeja separar as crianças romani de suas famílias

A Amnesty International advertiu que estabelecer internatos para meninos e meninas romani  [ciganos] “e separá-los gradualmente de sua forma de vida atual nos assentamentos” é discriminatório e um claro ataque ao modo de vida romani.

O primeiro-ministro eslovaco, Robert Fico, afirmou hoje (8 de março) que o governo propõe um sistema no qual os menores de idade romani sejam separados dos assentamentos para estudar em internatos.

“A idéia de que meninos e meninas romani devem ser separados de suas famílias e educados em internatos, quando poderiam receber educação em escolas normais próximas de suas moradias, vai claramente contra o interesse superior dos menores. Tirá-los de seu ambiente e separá-los de suas famílias é um atentado contra a sua identidade”, disse Halya Gowan, diretora do Programa Regional da Amnesty International para a Europa e a Ásia Central.

O falto de algumas famílias romani viverem em assentamentos – como outras famílias na Eslováquia – traz dificuldades para apoiar a educação de seus filhos devido á pobreza, às barreiras idiomáticas e outros fatores que demonstram a necessidade de o governo oferecer apoio e ajuda para que superem estes obstáculos.

“Isolados do exterior, as crianças romani têm mais dificuldades para participar plenamente na sociedade eslovaca. A proposta do governo perpetuará a segregação na qual vivem atualmente. De fato, pressupõe sua oficialização”, afirmou Halya Gowan.

“A proposta do governo destoa completamente dos avanços na União Europeia. Se adotada, seria uma contravenção absoluta à legislação eslovaca e às normas internacionais de direitos humanos contra a discriminação, que são de cumprimento obrigatório pela Eslováquia”.

A Amnesty International já havia exposto motivos de grande preocupação pela discriminação e segregação dos meninos e meninas romani nas escolas eslovacas, incluindo sua escolarização em centros especiais e classes para alunos com deficiência mental.

“Em vez de estabelecer um sistema de educação paralelo baseado na origem étnica dos menores, o governo eslovaco deve concentrar seus esforços em garantir que as escolas de educação geral incluam a todas as crianças, independente de sua procedência social, idioma ou outras capacidades”, afirmou Halya Gowan.

A Amnesty International pediu ao governo da Eslováquia que aborde o problema desde sua raiz: a segregação persistente dos menores romani na educação, e que tente resolvê-lo introduzindo reformas no sistema de educação dirigidas a garantir um ensino realmente inclusivo para todos os meninos e meninas. O governo deve proporcionar o apoio necessário às famílias e aos alunos que necessitem, para que possam participar de forma eficaz e desenvolver ao máximo seu potencial dentro da educação primária geral.

Veja também:

Slovakia: Roma Children Still Lose Out: Segregation persists in Slovak schools despite new law – Campaign Digest

Nota aos jornalistas

Este trabalho é parte da campanha da Amnesty International ‘Exija Dignidade’, dirigida a pôr fim às violações dos direitos humanos que conduzem à pobreza mundial e a agravam. A campanha mobilizará pessoas de todo o mundo para exigir que governos, empresas e outros escutem as vozes de quem vive na pobreza e reconheçam e protejam seus direitos. Desejando mais informações, visitem: http://www.amnesty.org/es/demand-dignity.

Amnesty International

Comunicado à Imprensa – Índice AI: PRE01/077/2010

8 de março de 2010

Tradução livre

Anúncios
Published in: on maio 27, 2010 at 3:27 pm  Deixe um comentário  

The URI to TrackBack this entry is: https://taihka.wordpress.com/2010/05/27/eslovaquia-planeja-separar-as-criancas-romani-de-suas-familias/trackback/

RSS feed for comments on this post.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: